CBF não reúne provas e desiste de acusar uruguaio de insulto racista no Sul-Americano Sub-20

Sin categoría

Esporte Interativo - Futebol Brasileiro, Liga dos Campeões e Lutas

Brasileiro acusa Uruguaiu de insulto racista, mas CBF decide não fazer acusação (Foto: CBF) Brasileiro acusa Uruguaiu de insulto racista, mas CBF decide não fazer acusação (Foto: CBF)

Na primeira partida do Brasil no hexagonal final do Sul-Americano Sub-20, que terminou no empate em 0 a 0 contra os rivais uruguaios, o atacante Marcos Guilherme reclamou de um suposto insulto por parte do uruguaio Facundo Castro. O meia teria chamado o brasileiro de macaco, durante a partida realizada na noite desta segunda-feira (26), em Montevidéu.

Marcos Guilherme chegou a declarar também que faria de tudo para comprovar a acusação e pedir a punição para o adversário. No entanto, a CBF decidiu não levar adiante a ideia de apresentar uma queixa-crime contra o uruguaio. O departamento jurídico da entidade recomendou cautela no caso, já que não foram encontradas imagens que possam provar o ocorrido.

A única prova reunida pelo departamento jurídico foi o depoimento do zagueiro Leo Pereira, que disse ter escutado as ofensas de…

Ver la entrada original 143 palabras más

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s